Comprar ou alugar imóvel: qual opção vale mais a pena em 2021?

Comprar ou alugar imóvel pode ser uma questão para algumas pessoas. Descubra o que é mais vantajoso para você e quais pontos analisar antes de tomar a sua decisão. 

Decidir entre comprar ou alugar imóvel exige muito planejamento e a melhor opção dependerá de cada pessoa. Isso porque, é preciso identificar a opção que oferece condições condizentes com a sua realidade. Assim, é preciso levar em consideração alguns fatores como o seu planejamento financeiro, planos de vida e carreira. Desse modo você observará o que mais vale a pena para você.

Além disso, é preciso compreender o que envolve cada uma das transações imobiliárias.

Comprar ou alugar imóvel: quando vale a pena?

Comprar ou alugar um imóvel pode ser uma dúvida para muitas pessoas. Isso porque, a melhor decisão depende do momento que você está em sua vida e situação financeira. Optar pela compra de um imóvel exige maior investimento e também maior comprometimento, já que em muitos casos será preciso realizar um financiamento. Ao mesmo tempo, comprar um imóvel é ter uma propriedade em seu nome, o que é um excelente investimento.

Em contrapartida, alugar um imóvel não demanda investimento inicial alto apesar de também não oferecer um retorno significativo. Além disso, o aluguel não é uma forma de moradia muito estável. Isso porque, o proprietário pode aumentar o aluguel ou vender a propriedade. Além disso, quem opta por morar de aluguel pode ter que se mudar várias vezes e não construir um patrimônio próprio.

As vantagens do aluguel

Diferente do que muitos acreditam, alugar um imóvel não é jogar dinheiro fora. Essa pode ser uma ótima possibilidade para quem precisa de um lar, mas não possui condições financeiras para adquirir a casa própria, ou não quer se instalar em um mesmo lugar por muito tempo. Assim, em muitas situações o aluguel pode ser mais vantajoso.

Em alguns casos, mesmo que tenha o dinheiro necessário para comprar um imóvel à vista, alugar pode ser vantajoso. Para isso basta descobrir a taxa de retorno do imóvel.

Como calcular a taxa de retorno do imóvel

A taxa de retorno do imóvel envolve um raciocínio simples: ao invés de comprar um imóvel, é possível investir o montante por um determinado período. Assim, espera-se que os rendimentos permitam pagar o aluguel além de reinvestir o valor. O cálculo dessa taxa é feito dividindo o valor do aluguel pelo valor de venda do imóvel e multiplicando por 100.

Por exemplo, o imóvel que você deseja comprar custa R$ 500 mil e o aluguel R$ 3 mil. O cálculo então é feito da seguinte maneira:

3.000 / 500.000 X 100 = 0,6

Assim, é possível entender que se a aplicação dos R$ 500.000 oferecer um rendimento maior que 0,6%, será possível pagar o aluguel e ainda reinvestir o que sobra. Ao mesmo tempo, qualquer rendimento menor que esse valor não vale a pena financeiramente. Lembre-se também que ao alugar um imóvel é possível economizar na manutenção do imóvel, já que os reparos são feitos pelo proprietário.

As vantagens de comprar um imóvel

A compra de um imóvel envolve bastante comprometimento. Isso porque, na maioria das vezes, o comprador não possui todo o valor pedido pelo imóvel, e precisa realizar um financiamento. Esse empreendimento a longo prazo requer planejamento e cuidado antes de fechar o contrato. Contudo, se você consegue pagar pela propriedade à vista, ou as parcelas de um financiamento não comprometem o seu orçamento, comprar um imóvel é um excelente investimento.

Normalmente, o recomendado é que se tenha uma vida financeira e profissional bem estruturada antes de comprar um imóvel. Isso porque, o financiamento é um compromisso de muitos anos e requer uma fonte de renda estável. Além disso, é preciso de um investimento inicial alto já que não é possível financiar 100% do valor do imóvel.

As vantagens de comprar um imóvel a maioria das pessoas já conhecem. Trata-se de uma propriedade em seu nome, em que é possível realizar reformas com maior liberdade. Além disso, comprar um imóvel é um ótimo investimento, já que a maioria das propriedades tendem a se valorizar com o tempo e assim é possível vender o imóvel por um valor maior do que o investido.

O momento ideal para comprar um imóvel

Muitos fatores interferem na hora de comprar um imóvel. Como dissemos, é preciso compreender a sua situação financeira, seja para comprar uma propriedade à vista ou por meio de um financiamento. Entretanto, outros fatores devem ser levados em consideração antes de realizar o empreendimento. Considere sempre o crescimento da economia, inflação, taxas de juros e desenvolvimento da região.

Em 2021, vivemos em cenário histórico da taxa Selic em 2% o que é refletido nas taxas de juros do financiamento imobiliário. Esse, portanto, pode ser o momento ideal para adquirir um imóvel. Com crédito mais barato, aumentam as chances de escolha ao ter uma melhor condição de pagamento do imóvel. Contudo, o Banco Central já acenou a possibilidade de aumento desse valor. Assim, é importante sempre ficar de olho nas variações do mercado.

Como escolher o imóvel ideal

Comprar ou alugar um imóvel é um grande investimento. Mesmo que se opte pelo aluguel, é importante lembrar de todos os custos envolvidos, como os da mudança ou mobiliar o imóvel. Porém, o primeiro passo é sempre escolher o imóvel ideal. Como se trata de uma transação que envolve altos valores, principalmente se você optar pela compra, é preciso acertar na escolha.

Para isso, conte com a ajuda de um corretor. Ela reduz os riscos do negócio, já que além de te ajudar a encontrar o imóvel ideal para a sua família, também será o responsável pelos trâmites legais e burocráticos. Aqui, é importante escolher um profissional de confiança, optando sempre por indicações de amigos e conhecidos. Caso isso não seja possível, procure saber se ele possui registro tanto no COFECI quanto no CRECI, órgãos que fiscalizam a profissão.

Além disso, outra dica é evitar fazer negócios com pessoas físicas. Embora essa opção pareça mais simples e vantajosa à primeira vista, contar com o apoio de uma imobiliária pode te poupar muita dor de cabeça. Esse apoio será fundamental na hora de redigir os contratos, por exemplo. Essas empresas contam com assessoria jurídica, um serviço muito importante em negociações como as de compra e venda. Ao fim, os profissionais de uma imobiliária possuem o conhecimento necessário para garantir a veracidade dos documentos apresentados por ambas as partes, evitando fraudes.

Na hora de comprar ou alugar um imóvel, você pode contar com os serviços da Casa Mineira Imóveis. Acesse o nosso portal e saiba mais. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.