Crédito imobiliário: A importância de pré-aprovar o seu antes de escolher um imóvel

Imagine que você, após meses buscando um apartamento, finalmente encontra aquele que faz seus olhos brilharem. Já se vendo nele, inicia o processo para a aprovação do seu crédito imobiliário, quando descobre que o tempo entre a organização dos documentos até a aprovação do financiamento, pode ser o suficiente para perder o imóvel para outra pessoa.  

Certo de que aquele é o apartamento ideal, você decide esperar, mas,  quando finalmente seu crédito é aprovado, é informado de que o imóvel foi vendido para outra pessoa interessada.

Chato, não? O pior, é que essa situação ocorre com mais frequência do que se imagina. Afinal, um comportamento comum de quem pretende comprar uma casa ou apartamento, é dar início aos trâmites para  financiamento só depois de encontrar o imóvel desejado.

 

Se o seu interesse é financiar, ou se cogita utilizar esse recurso em algum momento, recomendamos que comece desde já a buscar as informações necessárias e que continue a leitura desse artigo!

 

De uma forma geral, o risco de outro comprador se interessar pelo imóvel que lhe despertou interesse existe e a frustração de perdê-lo é horrível. Por isso, é importante saber que a agilidade da negociação irá na maioria das vezes determinar quem conquistará a oportunidade.

 

Para quem depende do financiamento, mais importante que fazer uma condição de compra é se preparar para ela e nesse caso, aprovar o crédito imobiliário precisa ser a tarefa principal.  Mesmo porque, antes de dedicar o tempo necessário para a busca, é importante saber se as parcelas do financiamento caberão no seu orçamento. Além disso, há ainda a probabilidade de ser aprovado um crédito menor do que o esperado ou haver alguma restrição que demandaria maior tempo para regularização.

Leia mais: Dicas para encontrar o imóvel ideal

Quando você opta por requisitar a aprovação de crédito, a primeira coisa que deve estar claro é que você não é obrigado a utilizá-lo, nem mesmo se comprometer a isso. Em segundo,  a aprovação do financiamento pode ser realizada de maneira  gratuita, independente da instituição financeira escolhida. Ainda, ao aprovar seu crédito, você terá uma espécie de termômetro do seu perfil e poderá saber suas reais chances de adquirir um imóvel.

Outra informação essencial é que mesmo se o crédito imobiliário aprovado para você tenha sido superior ao valor de sua compra, não há a necessidade de utilizá-lo por completo. Por exemplo, se você possui aprovação para utilizar R$ 200.000,00 e constata que precisará de apenas R$ 100.000,00, não é necessário completar o valor aprovado.

Hoje, o percentual máximo de aprovação de crédito em relação ao preço do imóvel varia de banco para banco, podendo chegar a até 80% do valor total do imóvel, ou até mesmo a 90% no caso de funcionários públicos. Sendo assim, é necessário que você tenha disponível no mínimo os 20% restantes para desenvolver a compra. Cabe ressaltar que quanto maior o valor do “sinal” (valor pago na assinatura do contrato de compra e venda), mais fácil fica do possível vendedor aceitar suas condições de compra, visto que 20% do valor do apartamento que ele está vendendo provavelmente não supra os 20% do valor do apartamento que ele provavelmente estará comprando.

Por fim, diante dessas informações, já é possível concluir que essa é uma etapa que pode ser realizada rapidamente, o que não impede de fazê-la logo no início de sua busca. Sabendo o valor disponível em seu crédito imobiliário, você garantirá maior celeridade quando encontrar o seu imóvel, reduzindo o risco de perder um bom negócio por não ter se preparado para ele.

 

apartamentos para comprar

  • Rickmanfredini

    Estou com um problema, procurei uma corretora pra financiar um terreno que estava nas mãos dela, financiamento pela caixa.
    Ela me fez assinar um contrato que me impedia de desistir, porem a caixa não aprovou e acabei ficando sem o terreno.
    Agora eu quero desistir, sair pra procurar um outro corretor e ela está dizendo que assinei o contrato, se eu procurar um novo corretor eu terei que arcar na justiça um processo e a comissão de 20% no valor do terreno.

    Penso eu que se a caixa não autorizou, não aprovou e não deu sequencia no financiamento, já automaticamente o contrato foi cancelado, correto?

    • Prezado, a conclusão não é tão simples assim. Ela irá depender dos termos do contrato. Para isso, o ideal seria a análise deste contrato antes de qualquer afirmação. Sugiro que procure um especialista. Podemos ter ajudar por meio de uma orientação online. Clique no link e entenda mais como funciona: https://imoveis.casamineira.com.br/especialista-casamineira