Exclusividade na venda: Dar ou não a corretora de imóveis?

Ainda existe muita resistência acerca de algumas questões que envolvem a venda de um imóvel, uma delas é a concessão do direito de exclusividade: qual a real vantagem de concedê-la a imobiliária?

Já falamos em nosso infográfico sobre como vender seu imóvel rápido e por um bom preço. E sabemos que a divulgação de uma casa, ou apartamento em todos os canais e imobiliárias pode passar ao comprador uma imagem negativa de que você está com dificuldades financeiras e “desesperado para vender”.  Diante dessa situação, os possíveis interessados no imóvel acabam se sentindo à vontade para fazer uma oferta menor que o valor de mercado, ou seja,  desvalorizando o seu imóvel.

Outro questionamento para a “não exclusividade imobiliária” é a redução da visibilidade do imóvel, o que realmente pode ocorrer. Porém, isso ocorrerá apenas se a imobiliária escolhida for de pequeno porte e pouco conhecida no mercado, do contrário, o risco é praticamente nulo.

Exclusividade de venda imobiliária

 

Se você estivesse procurando por um apartamento, não olharia de imediato na maior e mais respaldada corretora da região?

Vantagens da exclusividade de venda

Um dos grandes benefícios da exclusividade ao proprietário é garantir maior segurança, afinal, ainda que esteja se desfazendo do imóvel, temos a certeza de que você não se sentiria seguro em ter um grande volume de pessoas tendo livre acesso a ele. Além disso, em um imóvel com exclusividade, caso durante uma visita ocorra algum dano físico, por exemplo,  uma janela quebrada, a imobiliária deverá arcar com os custos para reparo.

A propósito, quando falamos em segurança, não nos referimos apenas aos aspectos físicos. Ainda de imensa importância, levamos também em consideração a proteção  econômica,  financeira e jurídica do proprietário.

Vale ressaltar que a exclusividade imobiliária também é benéfica para o comprador já que ele terá a comodidade de saber que o imóvel que irá visitar não é o mesmo que visitou com outro corretor. É muito comum algumas imobiliárias anunciarem a mesma casa ou apartamento de forma diferente fazendo com que muitas pessoas se interessem e vá visitar acidentalmente um imóvel que já conhece.

Apesar de parecer um contrassenso, como mencionamos, o contrato de exclusividade pode ser uma opção interessante para acelerar o processo de venda além de refletir diretamente na qualidade da negociação.

Por fim, a exclusividade imobiliária,  apesar de um ponto delicado no processo de compra e venda, pode ser visto como um grande aliado para garantir a segurança física e jurídica do imóvel e proprietário, além de garantir maior celeridade à venda.

[Leia Mais] Se quiser outras dicas sobre como vender o seu imóvel, confira o: Guia completo de como vender seu imóvel de forma correta e segura

 

anunciar seu apartamento

 

 

2 respostas para “Exclusividade na venda: Dar ou não a corretora de imóveis?”

  1. Thais Castro disse:

    Estou pensando em colocar à venda meu imóvel e as dicas foram realmente úteis e fiquei convencida que dar exclusividade de venda à uma boa imobiliária é o melhor a se fazer. Apenas a qualidade do texto é que deixou a desejar. O uso de “o mesmo” é repetitivo, causa confusão (se referindo à imóvel e comprador ao longo do texto), além desse uso ser incorreto gramaticalmente. Profissionais competentes são realmente um diferencial e eu, que estou pretendendo vender meu imóvel e locar um para morar, descobri, ao usar os serviços da Casa Mineira, que isso faz toda a diferença. Da mesma forma, um revisor de texto competente para os textos do blog seria de boa ajuda.

  2. Lourdes disse:

    Pior experiência da minha vida foi fechar imobiliária com exclusividade na venda de um imóvel. Não recomendo pra ninguém. Os caras ficam nas costas dos “parceiros” de outras imobiliárias… E se fazem um serviço ruim, ficamos presos a eles. N façam isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.