Financiamento de imóveis para negativados é possível? Entenda!

Você sabia que uma pessoa com nome negativado pode financiar um imóvel? O financiamento de casas para negativados é um processo mais trabalhoso, mas é uma possibilidade para muitos de conquistar o sonho da casa própria. Veja como funciona o financiamento imobiliário para negativado!

Adquirir a casa própria é o sonho de muitas pessoas. Contudo, juntar dinheiro para pagar pelo imóvel à vista ainda é uma realidade distante para a maioria dos brasileiros. Assim, o financiamento é uma das formas mais acessíveis de realizar esse sonho. Mas é os negativados? O financiamento de imóveis para negativados é uma dúvida recorrente em um país cuja crise econômica colocou muitos cidadãos em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC.

Assim, é necessário checar quais critérios são exigidos pelas instituições financeiras para aprovação de crédito. A maioria delas entende que se o indivíduo possui dívidas em atraso, dificilmente conseguirá arcar com novos encargos, o que impede muitas pessoas com nome restrito de conseguir um financiamento imobiliário.

Neste texto você vai descobrir:

Como funciona o financiamento de imóveis?

O primeiro passo é compreender como funciona o financiamento de imóveis. Ele é realizado por bancos, sendo o mais comum pela Caixa Econômica Federal e funciona da seguinte maneira: o banco paga ao vendedor o valor do imóvel o valor financiado e ao comprador cabe o pagamento das parcelas até quitar totalmente a dívida. Durante o período de pagamento são aplicados juros e o imóvel, apesar de ligado ao comprador, não pode ser negociado até que o saldo devedor esteja totalmente pago.

Condições de financiamento imobiliário

A maioria dos bancos oferecem opções de financiamento imobiliário, cada qual com suas condições. As principais diferenças entre elas são as condições de pagamento, taxas de juros e duração dos contratos. Além disso, cada uma das instituições financeiras define qual o valor máximo que pode ser financiado.

Hoje, é possível fazer uma simulação do seu financiamento de forma online e gratuita. Assim, é possível definir qual melhor se adequa a sua situação financeira. Assim, é possível verificar as taxas de juros e os valores das parcelas de cada um dos bancos.

Documentação para compra de imóvel

Conhecer os documentos para compra de imóvel também é muito importante. Eles serão fundamentais para a aprovação do financiamento e do valor a ser financiado. Os principais documentos, na maioria das vezes, são:

  • Originais e cópias de RG e CPF do comprador;
  • Comprovante de estado civil;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovantes de renda;
  • Declaração do imposto de renda, dentre outros.

Comprovar a sua renda é essencial para identificar a sua capacidade de pagamento. Assim, o valor da prestação do imóvel não pode ultrapassar 30% da renda familiar bruta. Desse modo, entende-se que as parcelas terão um preço máximo de modo a não comprometer as finanças do comprador.

Assim, durante o processo, é feita também uma análise cadastral para conferir se existe alguma restrição no nome do comprador nos órgãos de proteção ao crédito – Serasa ou Serviço de Proteção do crédito (SPC). A liberação do crédito está sujeita ao comprador possuir o conhecido “nome limpo”.

O que significa estar negativado?

Como dito, os bancos fazem uma análise de crédito que envolve verificar se o comprador está ou não negativado. Mas, o que significa estar negativado? Negativado significa que a pessoa tem seu CPF ou CNPJ registrado em algum órgão nacional de proteção ao crédito por uma dívida não paga.

Estar inadimplente não significa ter seu nome negativado automaticamente. Tudo depende da maneira com que a empresa lida com os não pagantes. Algumas entendem que o atraso de uma fatura em alguns dias já significa um pedido de negativação do nome. Em contrapartida, outras empresas optam por tentar negociar a dívida ou esperam o atraso de três ou mais faturas.

Estar com o nome negativado significa que o seu CPF está registrado na lista de inadimplentes de órgão de proteção ao crédito como o Serasa. Desse modo, qualquer empresa que faça uma análise do seu crédito saberá que você é um inadimplente, o que pode levar a reprovação de pedido de crédito. Essa é a maneira mais comum de se ter o “nome sujo”, porém não é a única. Existem ainda restrições relacionadas ao Banco Central, Receita Federal além de questões envolvendo a justiça.

Para o caso de financiamento de imóveis para negativados, é importante ressaltar que essa negativação não se refere necessariamente ao comprador. Ela pode se estender ao vendedor e até mesmo ao próprio imóvel.

Tipos de restrição de crédito

Existem outros tipos de restrição de crédito que vão além da inadimplência nos órgãos como Serasa e SPC:

Receita Federal e INSS

Para este caso, atitudes como não declaração do Imposto de Renda (IR), inscrição na dívida ativa da instituição ou até mesmo problemas cadastrais no CPF podem gerar restrições.

Banco Central

Neste caso, uma das principais restrições está relacionado à emissão de cheques sem fundo. Essa ação é conhecida como Cadastro de Emitentes de Cheque Sem Fundo (CCF). Normalmente isso acontece quando um cheque é devolvido pela segunda vez, e gera um registro similar ao dos órgãos de proteção ao crédito. Desse modo, as instituições financeiras que têm acesso podem verificar essa restrição.

Justiça

Como dito, em alguns negócios imobiliários caso o vendedor esteja negativado o financiamento pode ser negado. Isso ocorre quando o proprietário do imóvel tem alguma ação contra ele na justiça, que já foi julgada e aguarda a quitação da dívida, ou quando o acordo não é cumprido.

Prefeitura

Dívidas relacionadas ao imóvel ou IPTU atrasado também podem ser um empecilho para o financiamento imobiliário. Isso pode negativar o nome e para solucionar o problema é sempre importante buscar uma certidão negativa de débitos na prefeitura.

Retirando o nome dos órgãos de restrição: como deixar de ser negativado?

A melhor opção para evitar problemas de restrição de crédito é retirar o seu CPF dos órgãos de proteção de crédito. Limpar o seu nome não é uma tarefa impossível, isso porque, para a maioria das empresas é interessante negociar a dívida.

Renegocie

O primeiro passo é fazer contato com o credor e tentar uma negociação amigável. Lembre-se sempre que o interesse em solucionar o problema é mútuo e muitas instituições oferecem ótimas condições de pagamento para renegociação. Assim, tente encontrar um ponto de equilíbrio entre o que a empresa pode oferecer e o que você pode pagar. É muito importante seguir firme o acordo e não atrasar essas novas parcelas.

Cumpra os acordos

Como dito, não é nada interessante conseguir um ótimo acordo e não arcar com as novas parcelas. Na verdade, isso pode piorar a situação nos órgãos de crédito. Desse modo, evite aceitar acordos que não poderá pagar.

Conheça suas dívidas

Sem conhecer sua real situação de inadimplência é impossível firmar acordos realmente plausíveis. Assim, faça uma lista de tudo o que você deve, além dos seus gastos mensais. Diante disso, priorize quais acordo fará primeiro e aos poucos vá se livrando das inadimplências.

Financiamento de imóveis para negativados: é possível?

O financiamento de casas para negativados é possível. Isso acontece mesmo os bancos fazendo uma análise de crédito detalhada. Essa análise faz com que eles entendam que será muito difícil arcar com as parcelas de um financiamento antes de quitar as dívidas pré-existentes. Contudo, é possível solicitar o crédito em financeiras particulares.

Quando os grandes bancos recusam o crédito, você pode solicitar a análise em financeiras particulares e menores e obter financiamento de imóveis para negativados. Caso vocês tenham um relacionamento a longo prazo esse processo se torna ainda mais fácil. Essas empresas costumam assumir riscos maiores para fazer grandes negócios. Contudo, é importante ressaltar que as taxas de juros dessa opção são mais caras que as dos bancos tradicionais. Além de encarecer o financiamento é possível que os prazos para pagamento sejam maiores.

Até pouco tempo, era possível realizar o financiamento de imóveis para negativados através do programa Minha Casa Minha Vida. Contudo, o atual Governo Federal substituiu o programa pelo Casa Verde Amarela e extinguiu a possibilidade.

No antigo programa, famílias que se encaixavam na chamada faixa 1, ou Faixa de Interesse Social, conseguiam obter financiamento de imóveis para negativados. Para isso, bastava comprovar baixa renda, ou seja, renda inferior a R$1.600,00. O subsídio concedido pelo governo podia chegar até 95% do valor da mensalidade. Isso acontecia porque para as famílias de baixa renda, só era permitido comprometer 5% do valor rentável de sua residência, uma vez que um valor superior a este poderia impedi-lo de efetuar o pagamento.

O sonho da casa própria para negativados

Para muitas pessoas com o nome negativado, o sonho da casa própria pode parecer distante. Contudo, é possível se organizar financeiramente e tornar esse objetivo cada vez mais alcançável. Apesar das mudanças no programa habitacional do governo, o Casa Verde Amarela ainda oferece ótimas condições e benefícios para quem possui renda inferior a R$9.000,00. Além disso, as financeiras particulares costumam assumir os riscos de um financiamento de imóveis para negativados.

Ademais, sendo esse sonho tão importante na vida dos brasileiros, conte com a ajuda certa na hora de encontrar o seu imóvel ideal. A Casa Mineira Imóveis possui centenas de imóveis de diversos tipos. Além disso, nosso site conta com filtros que facilitam a busca para que encontre a casa dos seus sonhos. Confira!

anunciar meu imovel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.