Funcionários
Central de vendas:0312536 9000
Central de locação:0313285 3005

Bairro Funcionários

Belo Horizonte

HISTÓRIA

Belo Horizonte é uma cidade pulsante. Ela tem vida própria, tal como um organismo, e veias por onde pulsam sua cultura, história e tradição. Seguindo a comparação da cidade com um corpo humano, poderíamos facilmente colocar a região do Funcionários como se fosse um coração. Há muito essa região é responsável pelo burburinho belo-horizontino, tanto durante o dia quanto na vida noturna. E toda essa vitalidade vem lá de trás, da criação do bairro.

Hoje considerado bairro nobre, o Funcionários surgiu como opção de moradia para os funcionários públicos que vieram trabalhar em BH, transferidos de Ouro Preto, na época da fundação da nova capital. Fundado em 1896, é considerado um dos bairros mais antigos da cidade. E, por consequente, também um dos mais tradicionais. Contam que as moradias eram identificadas de acordo com o nível social de cada família, sendo as mais simples casas de porteiros e serventes – e as mais sofisticadas pertencentes a diretores e desembargadores. Nesse universo, o número de janelas de cada casa também era um diferencial no status social: quanto mais janelas uma casa do Funcionários tinha, mais importante era seu dono.

Hoje o bairro inteiro, assim como toda a região do Funcionários, respira modernidade, com a vivacidade de BH e todas as classes sociais dividindo seus espaços públicos. Ou seja: o tempo pode até ter passado bastante desde a sua fundação, mas a região ainda conserva a mistura de culturas e histórias por todos os seus cantos.

PRINCIPAIS ATRAÇÕES

A região do bairro Funcionários engloba o bairro Funcionários, a Savassi e o bairro Santa Efigênia – este último, só na parte que está “dentro” da Avenida do Contorno. Até hoje é comum que os moradores de BH confundam o bairro Funcionários com o bairro Savassi, por exemplo. Mas desde 2006 este último, que ganhou o nome em homenagem à Padaria Savassi, da família homônima, é um bairro totalmente separado. Saber qual é qual é fácil: Funcionários e Savassi são cortados pela Avenida Afonso Pena.

Lembra que falamos que a região do Funcionários é como o coração no “corpo” de BH? Sua localização estratégica corrobora com essa ideia. Além da Afonso Pena, outras grandes avenidas passam pela região, como Avenida Brasil, Avenida do Contorno, Avenida Cristóvão Colombo e Avenida Getúlio Vargas. Suas ruas principais são Carandaí, Cristóvão Colombo, João Pinheiro e Rua dos Aimorés.

E a boa localização não para por aí: o bairro Funcionários é “vizinho” não só da Savassi e do Santa Efigênia, mas também dos bairros São Lucas, Serra, Santo Antônio e Centro.

Deu pra entender agora por que a região é tão bem quista? Quase não dá para passar por BH sem passar em pelo menos um ponto da região do Funcionários…

QUALIDADE DE VIDA

A região do Funcionários está repleta de praças, sendo altamente arborizada. Em uma cidade como Belo Horizonte, que tem altos índices de poluição, estar em bairros onde muitas árvores dividem espaço com prédios e casas é, praticamente, como estar não só no coração do município, mas também em boa parte de seu pulmão. O ar é mais leve e, por isso, quem mora na região pode aproveitar melhor dos passeios ao ar livre, que geralmente ocorrem na Praça da Liberdade, Praça ABC ou Praça Tiradentes.

Outra informação bacana sobre o Funcionários é que, apesar de ser um bairro antigo, muitas modificações arquitetônicas foram feitas nele durante a década de 1980, com revitalização quase que total. Nesse período os casarões construídos nos idos de sua fundação foram substituídos por prédios de arquitetura e engenharia modernas, principalmente em ruas como Timbiras, Sergipe, Maranhão e Piauí, como forma que o mercado imobiliário encontrou para aproveitar os terrenos, que valorizavam rapidamente.

Isso significa que, com toda a história que o bairro tem para contar, ainda o faz sem comprometer a saúde ou a segurança de seus moradores, já que as edificações modernas trazem mais estabilidade e novos materiais diminuem os riscos de alergia por acúmulo de poeira ou insetos.

CULTURA, LAZER E TURISMO

Um lugar com tanta história só podia ter, também, muita cultura. E, consequentemente, lazer. O que leva a um aumento turístico na região. Ou seja: para cultura, lazer e turismo, a região do Funcionários não é só uma das mais importantes de BH como, também, é uma das mais desejadas.
Uma das principais praças da região é a Praça da Liberdade, que não é apenas uma “pracinha”, mas é também um complexo arquitetônico. A começar pelo Palácio da Liberdade, antiga sede do governo mineiro, passando por prédios que antes eram de repartições públicas e hoje abrigam museus e centros culturais, como o Centro Cultural Banco do Brasil. A Praça da Liberdade também é palco de shows e movimentos culturais diversos, como o carnaval, por onde passam bloquinhos dos mais animados.

Por falar em animação, a Savassi sabe bem o que é isso. No coração da região do Funcionários, que por sua vez é o coração de Belo Horizonte, o bairro junta todos os dias dezenas de pessoas na praça Diogo Vasconcelos, para aplacar o calor ou, simplesmente, ver a vida passar. Isso durante o dia, quando não acontecem shows, jogos da Copa do Mundo ou eventos culturais antes do cair da tarde. À noite, tanto a praça quanto o quarteirão fechado da Savassi fervem com a juventude que sai à procura dos agitos da vida noturna mineira.

Mas não nos esqueçamos que estamos falando de Minas! E, como é comum em toda região tradicionalmente mineira, a do Funcionários é recheada de igrejas que funcionam como o recorte perfeito da fé aristocrática na capital mineira. Por lá, todos os fins de semana estão marcados matrimônios entre pessoas da alta sociedade, em templos como o da Boa Viagem, Santa Efigênia e capela do Colégio Arnaldo, três das mais importantes igrejas de BH.

Não à toa a região dos Funcionários é querida por turistas do Brasil e do mundo, e isso não se resume apenas a seus pontos turísticos ou igrejas tradicionais. Por lá, é possível viver também os sabores de Minas em todas as suas nuances. São centenas de opções de bares e restaurantes que vão desde a tradicional comida mineira aos estabelecimentos mais premiados, passando pela cozinha internacional e pela comida à quilo.

De Bacon Paradise a Casa dos Contos, Café com Letras a Maria das Tranças, Churrascaria Fogo de Chão ao Rei do Hot Dog, um carrinho que sempre fica parado em frente ao Colégio Arnaldo, a região do Funcionários tem de tudo. Assacabrasa, Paracone, Amadeus, Café Viena, Mixido, Dona Marguerita e Pomodori… não há limites para a diversidade culinária desse pedaço de Belo Horizonte, que se estende para fora do “miolinho da Savassi”. A parte do Santa Efigênia que faz parte do bairro também está bem munida de bons restaurantes, como o tradicionalíssimo Rei do Omelete e Oratório, pertinho da igreja de Santa Efigênia.

E, se em termos de cozinha a região do Funcionários manda muito bem, não fica atrás quando o assunto é bar e balada. Além de Stadt Jever, Jack Rock Bar, A Obra Bar Dançante, Rei do Pastel e Botequim da Dalva são pontos bem conhecidos para quem quer estender o fim de tarde ou varar a noite nos embalos da capital mineira. A casa de show Granfino’s, no Santa Efigênia, virou um dos points mais procurados da região por quem curte música ao vivo e cerveja gelada.

E os momentos diurnos de lazer ficam por conta, além dos bares, do shopping Pátio Savassi, com cinema, boa praça de alimentação e novidades em termos de loja, como a recém inaugurada Forever 21. Além dele, o Shopping 5a Avenida também é uma boa pedida para quem não quer tumulto, mas curte compras mais alternativas de decoração e vestuário. Para quem quer sair da “diversão industrializada”, o Minas Tênis Clube é uma boa pedida. Apesar de ter CEP no bairro de Lourdes, o clube, um dos mais tradicionais e completos de BH, faz parte da região do Funcionários.

Para quem curte teatro, a região está repleta deles: Grande Teatro, Teatro Marília e o Espaço Cênico Rick Alves, que também é uma escola de artes, são algumas das opções. Descendo um pouquinho até o centro a pedida é o Cine Teatro Brasil, reinaugurado a pouco tempo e considerado uma das melhores salas de teatro de toda Minas Gerais.

O Colégio Arnaldo, na Avenida Brasil, é um bom ponto de referência não só pela importância da instituição em si como, também, pelo que acontece em seus arredores. Às sextas-feiras pela manhã a frente do colégio recebe a Feira das Flores, enquanto aos sábados (de maneira alternada) ocorre a Feira Tom Jobim, com barracas de comida, bebida, artesanato, decoração e outros, que acaba virando o programa perfeito para toda a família.

Por fim, mas não menos importante, é no Funcionários que fica a BOVMESB, Bolsa de Valores Minas-Espírito Santo-Brasília, chancelando a região como economicamente importante para espelhar as transações financeiras que ocorrem diariamente pelo mundo.

SERVIÇOS

O bairro Funcionários foi planejado para ser um polo residencial em BH, que já nasceu com a responsabilidade de ajudar as demais regiões a crescer, principalmente as que lhe são mais próximas. Com o passar do tempo, viu-se que esse bairro, sempre sede do poder público e referência em atividades comerciais e financeiras, cumpriu bem com o papel de puxar o crescimento. Atualmente, o Funcionários é uma das regiões que mais ofertam serviços de necessidade da população – e não apenas da local.
No quesito educacional, o Funcionários é base para escolas como o Colégio Arnaldo, Sagrado Coração de Jesus, Santo Antônio, Colégio Logosófico e Instituto de Educação, nomes sempre equiparados à máxima qualidade de ensino na capital mineira. Para o Ensino Superior o Funcionários oferta Isabela Hendrix e faculdades UNA, Pitágoras, Promove e FEAD.

Além de ser rodeada de farmácias, a região também oferta muitas possibilidades de supermercado, como o Carrefour das ruas Ceará e Antônio de Albuquerque, Super Nosso, EPA (na Afonso Pena e na Contorno) e Wall Mart, na Contorno. Sentiu-se mal? A região hospitalar completa fica dentro da região do Funcionários, abrigando a Escola de Medicina e Enfermagem da UFMG, a Santa Casa de Misericórdia, o Hospital dos Olhos e o João XXIII, todos hospitais referência em suas especialidades. Boa parte dos prédios da região hospitalar são locados por consultórios médicos e/ou farmácias, fazendo com que a Rua Alfredo Balena seja, realmente, uma referência municipal no quesito “saúde”.
Mas é sempre melhor prevenir do que remediar, certo? E o que não falta na região do Funcionários é oferta de academias para deixar corpo e mente em ordem e evitar, ao máximo, a região hospitalar. Algumas das marcas que o Funcionários abriga na área fitness são as academias Contorno do Corpo, Alta Energia, Corpore, Feedback e Academia de Natação BH20. Ou seja: não há desculpa para não se exercitar se você morar no ou perto do bairro!

TRANSPORTES

A região do Funcionários fica em posição estratégica até para o transporte: a maioria das linhas de ônibus que cortam a cidade inteira ligando bairros passa por esse pedaço de BH, e isso significa que quem mora ou trabalha por lá não tem muita dificuldade de locomoção. Nos horários de pico o trânsito pode complicar, mas a dica para evitar o tráfego intenso é sair cinco minutos mais cedo do trabalho. Quem pratica esse macete consegue, muitas vezes, chegar em casa bem antes do que quando sai no horário habitual.

Compra e aluguel de imóveis no bairro

Quer comprar, alugar ou vender um imóvel no Funcionários? Então a sua melhor opção é a Casa Mineira. Conheça a filial responsável pelo bairro:

 

Unidade Lourdes

 

POR QUE VALE A PENA?

Poucas vezes na vida você vai conseguir encontrar uma região que seja altamente valorizada no quesito imobiliário e que, também, tenha uma posição tão estratégica dentro da cidade. Às vezes, os lugares mais indicados para se morar são os mais afastados do Centro, que é demasiadamente cheio e movimentado, mas o Funcionários está à distância certa do ponto central de BH e, por isso, é fácil se deslocar ou passear sem os pormenores de estar no meio da muvuca.

Não importa sua idade, esse é um bairro que te recebe de braços abertos e te oferece dezenas de opções de lazer para que você possa se sentir tão vivo e tão pulsante quanto ele próprio. Se você quer comprar um imóvel no Funcionários só para investimento, peça para alguém visitar as opções no seu lugar. Caso contrário, é bem provável que você seja rapidamente seduzido pela história, pela cultura e pela beleza da região.

Guia de bairros vizinhos do Funcionários

 

13

4