Pequenas reformas: como fazer de forma proveitosa e eficiente

Tem vontade de modificar a sua casa, mas não quer se envolver com obras grandiosas? As pequenas reformas podem ser a solução. Confira neste artigo dicas para realizar a sua.

Muitas pessoas aproveitam o começo do ano para realizar pequenas reformas. Isso porque, essa é uma ótima maneira de iniciar um novo ciclo com ares renovados e uma casa mais aconchegante. Esse processo não precisa ser trabalhoso, desde que seja bem planejado. Algumas modificações simples podem ser significativas para o design de interiores, sem a necessidade de grandes investimentos.

Além disso, a pandemia de 2020 também impulsionou as pequenas reformas. Modificando a relação que a maioria das pessoas tinham com suas casas, o isolamento criou a necessidade de tornar as residências mais aconchegantes e funcionais, alinhadas às necessidades dos moradores e do novo contexto. Passando mais tempo em casa, as pessoas passaram a prestar mais atenção em problemas de arquitetura, iluminação e decoração que até então não incomodavam.

Contudo, esse momento também não permitiu que obras grandiosas fossem viáveis. Assim, as pequenas reformas foram a solução.

O que são pequenas reformas?

Podemos definir as pequenas reformas como aquelas que não necessitam de nenhum tipo de autorização ou alvará da prefeitura. Isso porque elas não representam grandes alterações estruturais ou transtornos para vizinhos. Assim, elas são feitas dentro de casa, e podem envolver a troca de pisos, melhorias em pias e banheiros, ou alteração nos acabamentos. Na maioria das vezes essas pequenas reformas podem ser feitas pelos próprios moradores.

Cuidados antes da reforma

O processo que antecede as reformas é essencial para definir o seu sucesso. Esse planejamento determinará seu orçamento e o que é essencial. Além disso, essa análise te ajudará a entender se será necessário contratar um profissional ou se as mudanças são simples e podem ser feitas pelo morador.

Defina prioridades

O primeiro passo antes de iniciar sua reforma é definir todos os reparos necessários. Para evitar que a pequena reforma se transforme em uma obra grandiosa, comece identificando os aspectos mais importantes para o momento. Assim, é possível dar preferência ao que é mais urgente. Assim, você pode optar por renovar a pintura das paredes, trocar o revestimento do banheiro ou até mesmo renovar o fosso de gesso. Contudo, é importante avaliar se não há vazamentos ou infiltrações, falhas na rede elétrica ou outros problemas que podem interferir nas modificações estéticas. Essas questões estruturais precisam ser prioridade.

Defina seu projeto

Realizar qualquer modificação em sua casa, mesmo que se trate de pequenas reformas, demanda tempo. Além disso, é de conhecimento geral que pode haver atrasos nos processos que causam frustrações nos moradores. Para evitar esse problema, elabore um projeto com todas as etapas da reforma. Para isso, basta criar um pequeno esboço das mudanças que pretende realizar e garanta que as transformações correspondem às suas expectativas.

Defina seu orçamento

Para essa etapa liste os materiais necessários para a reforma. Em seguida, determine quanto você pode gastar na reforma e faça uma pesquisa em diferentes lojas antes de realizar a compra. Se ater ao orçamento é importante para que a reforma acabe dando dor de cabeça. Além disso, tente aproveitar melhores condições de pagamento, o que pode ser conseguido fazendo os pagamentos à vista, por exemplo. Outra dica é comprar todos os materiais com antecedência. Isso garantirá maiores descontos e evitará paralisações na reforma por motivos financeiros.

Use uma planilha de controle

Para que sua reforma seja bem sucedida, a organização é fundamental. Assim, elaborar uma planilha pode ser essencial, pois nela é possível acompanhar cada etapa do processo com os custos. Inclua neste documento todas as informações sobre as despesas.

Dicas para realizar pequenas reformas

Realizar pequenas reformas pode ser a solução para repaginar sua casa sem realizar grandes obras. Você pode optar por pintar as paredes de sua casa, ou até mesmo por trabalhos mais estruturais como trocar revestimentos de piso. Existem soluções práticas para realizar essas atividades sem precisar quebrar pisos e paredes.

Além disso, pequenas mudanças decorativas podem render grande impacto. As pequenas reformas, podem começar pela iluminação, por exemplo. Tente trocar as lâmpadas de luz branca da cozinha por uma amarela. Ademais, é possível criar a impressão de mais espaço por meio das cores das paredes. Você pode ainda utilizar esse recurso para criar um espaço de home office.

Mude a cor das paredes

Repensar os espaços por meio da pintura é uma das formas mais fáceis e baratas de renovar um ambiente. Mudar a cor das paredes pode mudar a aparência da casa, criando divisões de espaço ou dando a ideia de amplitude. Em ambientes muito pequenos, vale investir em listras verticais.

Organize o Hall

Ao pensar em pequenas reformas, você pode optar por criar ambientes em sua casa. Em tempos de pandemia, uma ótima ideia é incluir uma pequena sapateira no hall de entrada. Assim, ao chegar da rua é possível deixar os sapatos logo na entrada, sem sujar o resto da casa. Você pode incluir também um cabideiro para pendurar bolsas e casacos, além de uma prateleira ou banco com álcool em gel.

Aposte no estilo industrial

Uma outra maneira de renovar a aparência de sua casa é incorporar à decoração novos estilos. O industrial, por exemplo, pode ser conseguido com o acabamento de cimento queimado. Para evitar problemas, já que a técnica exige muita habilidade, opte por tintas que simulam o efeito e aplique nas paredes e no teto.  

Valorize o verde

Ter plantas em casa traz muitos benefícios para a saúde, além de garantir um novo hobbie para os moradores. Entretanto, levar a natureza para dentro de casa também é uma ótima maneira de mudar o ambiente de forma rápida e barata. Se você não dispõe de muito espaço, é possível optar pelas plantas aéreas.

Iluminação

Como dito, a iluminação pode modificar totalmente a sua casa. Lâmpadas amarelas passam a sensação de conforto e aconchego e são muito utilizadas em quartos. Contudo, é possível utilizar esse recurso em outros cômodos da casa. Além disso, aposte em luminárias. Tanto o design da peça quanto o efeito da luz dão um toque especial ao ambiente.

Papel de parede

Os papéis de parede são ótimos para quem deseja realizar pequenas reformas. Isso porque, eles são capazes de renovar o ambiente em poucos minutos. A dica é medir com precisão o espaço em que ele será aplicado. Isso evitará que falte material durante o processo, ou o desperdício de papel de parede.

Adesivos

Seguindo a mesma base do papel de parede, adesivar móveis e objetos decorativos da sua casa pode ser uma ótima ideia. Eles também podem ser utilizados em revestimentos já existentes, como azulejos na cozinha e nos banheiros. Atente-se ao modo de aplicação e opte pelo mais simples caso seja você a realizar o trabalho.

Móveis

As pequenas reformas podem ser feitas em seus móveis também. Envernizar é uma ótima opção para revigorar objetos de madeira. Assim, lembre-se sempre de lixar os objetos por inteiro, retirar o pó com um pano úmido e só então passar o verniz com um pincel.

Outra técnica que pode ser utilizada em seus móveis se chama pátina. Ela serve para deixar as peças com cara envelhecida. Aqui, lixar também é uma das partes mais importantes. Após deixar todo o móvel lixado, aplique um fundo de tinta branca e só então a cor de destaque escolhida. Após a secagem da tinta, lixe novamente o móvel até que as cores se misturem e você obtenha o aspecto envelhecido.

Segurança em pequenas reformas

As pequenas reformas são uma ótima opção para quem quer repaginar sua casa sem os transtornos de uma obra. Pequenas mudanças e implementações podem transformar um ambiente. Além disso, pense sempre que essas modificações precisam atender às suas necessidades e serem funcionais.

Liste suas necessidades e organize as prioridades da reforma. Isso reduzirá as chances de ocorrerem problemas e dores de cabeça durante o processo. Além disso, lembre-se de se certificar se os reparos são permitidos, principalmente para quem vive em apartamentos alugados. Assim, converse com seu locatário e peça permissão para fazer alterações. Caso não seja possível, implemente as dicas reversíveis sobre introduzir plantas na decoração.

encontre seu apartamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *