Preço de imóveis em BH: metro quadrado cai 4% no acumulado de 2020

O mercado imobiliário está em constante mudança. Neste artigo você vai entender como foi o ano de 2021 para o mercado em Belo Horizonte e o que esses números significam.

O ano de 2021 apresentou um cenário favorável para quem deseja comprar um imóvel na cidade de Belo Horizonte. Isso porque, segundo o levantamento feito pela Casa Mineira por QuintoAndar, o preço do metro quadrado dos imóveis na cidade caiu 4,2% no acumulado anual. Essa queda também pôde ser vista em outras cidades do país como São Paulo e Rio de Janeiro com queda de 0,6% e 8%, respectivamente.

A explicação para isso pode estar em um mercado aquecido e no fato da alta nos preços da construção civil não ter chegado no mercado imobiliário. Assim, para que você conheça melhor como foi o mercado de imóveis em Belo Horizonte em 2021 e quais são as projeções para o próximo ano, preparamos este artigo completo. Confira!

Queda nos preços dos imóveis em Belo Horizonte

O preço médio de um imóvel em Belo Horizonte é R$ 5.423,00 por metro quadrado. Esse valor teve uma queda 5,72% no segundo trimestre do ano, chegando a custar R$5.113,00. Enquanto no terceiro trimestre do ano o valor dos anúncios subiu 1,57%. Desse modo, a variação acumulada no ano é uma queda de 4,2%.

“O mercado em BH segue aquecido e com muitas oportunidades para compra de imóveis residenciais, já que o aumento dos custos da construção civil ainda não refletiu no preço de muitos imóveis”, conta Admar Cruz, diretor de Casa Mineira por QuintoAndar.

Aqui precisamos destacar a baixa dos preços dos imóveis em 2021 é que os valores mencionados nos anúncios são um ponto de partida, mas não o valor final. Isso porque, os imóveis passam por um processo de negociação e esses números se modificam. Assim, precisamos entender a diferença entre o preço anunciado e aquele que efetivamente está no contrato.

A diferença percentual entre anúncios e contratos trata dos valores por metro quadrado em contratos fechados no trimestre e o valor do metro quadrado anunciado no mesmo período. Em Belo Horizonte, a Casa Mineira por QuintoAndar destaca que essa diferença tem aumentado ao longo do ano, saindo de cerca de 7% no primeiro trimestre para 10% nos dois seguintes. O cálculo deste desconto é feito ao acompanhar em um mesmo imóvel a diferença entre o preço anunciado e aquele em contrato.

Bairros com a maior queda nos preços

O relatório feito pela Casa mineira por QuintoAndar também apresenta informações específicas sobre os bairros mais buscados em Belo Horizonte. Se destacam Santo Antônio, Buritis e Prado. Além deles, Centro e Sion também se juntam a lista dos cinco bairros mais procurados na cidade.

Ademais, quando destacamos a queda nos preços comercializados destacam-se Cruzeiro, Luxemburgo e São Pedro. Respectivamente os valores saíram de R$5.794,00 para R$4.394,00, R$6.818,00 para R$5.220,00 e R$5.750,00 para R$4.847,00 por metro quadrado. Podemos observar aqui uma queda de pouco mais de 20%.

Contudo, algumas regiões apresentaram alta nos preços em 2021. Quando analisadas as oscilações de preço no último trimestre, o relatório mostrou que as maiores elevações nos preços por metro quadrado usados em imóveis vendidos foram registradas no Estoril (de R$ 3.544,00 para R$ 4.002,00), Ouro Preto (de R$ 4.267,00 para R$ 4.715,00) e Prado (de R$ 4.457,00 para R$ 5.870,00). 

Entenda a liquidez de uma região antes de comprar um imóvel

A análise de liquidez permite indicar se um bairro é mais ou menos líquido de acordo com o mercado na cidade como um todo. Assim, valores positivos indicam que a venda demora mais para acontecer enquanto valores negativos nos mostram vendas mais rápidas.

Na capital mineira os bairros Cidade Nova, Silveira e Castelo foram os mais líquidos no terceiro trimestre de 2021, com vendas sempre mais rápidas que a média na cidade. Outro Preto, Prado e Funcionários apresentaram liquidez mais de 50% maior que a média da cidade. Enquanto Sion, Lourdes, Nova Suíça e União são aqueles mais próximos da média, destoando em menos de 10% do comportamento da cidade como um todo.

Ter posse dessas informações é fundamental para quem deseja vender ou comprar um imóvel, quem quer investir no mercado imobiliário ou quem deseja trabalhar no ramo. Para o primeiro caso, compreender essas informações facilita na hora de tomar uma decisão sobre onde morar.

Compradores bem amparados podem conseguir bons descontos na hora de efetuar a compra. Segundo a pesquisa, neste período o desconto concedido aos compradores na capital encontra-se estável e segue em 3,94% na média do terceiro semestre de 2021. Além desses dados, é importante contar com especialistas no ramo. Segundo Admar Cruz, diretor da Casa Mineira por QuintoAndar:

“Para garantir as melhores opções de compra e venda é muito importante que você esteja atento às oscilações do mercado e busque profissionais no ramo, imobiliárias e corretores que te ajudem a ter o melhor panorama do mercado naquela região, para que tenha a melhor tomada de decisão”. 

A Casa Mineira por QuintoAndar

A Casa Mineira por Quinto Andar é a maior e mais tradicional imobiliária de Belo Horizonte. Com 38 anos de história, sua atuação na capital é consistente e confiável, atuando fortemente no mercado de compra e venda, sempre pensando no melhor para os clientes. Somos referência no mercado brasileiro pela qualidade do atendimento e satisfação dos clientes.

O Portal Casa Mineira abrange mais de três mil imobiliárias parceiras em todo o país e possui mais de dois milhões de imóveis anunciados. Sua parceria com o QuintoAndar em março de 2021 só aumentou sua relevância aliando tecnologia, dados, conhecimento de mercado e apoio aos clientes. Para conhecer melhor A Casa Mineira por QuintoAndar acesse o nosso portal e confira a melhor experiência para quem quer alugar, comprar ou vender um imóvel residencial. 

encontre-seu-apartamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.