Projeto de decoração: quando vale a pena investir para seu imóvel

Quer decorar a sua casa, mas não sabe por onde começar? O projeto de decoração pode ser a solução.

Querer repaginar o lar pode ser o desejo de muitas pessoas. Contudo, a maioria não sabe por onde começar. As dúvidas podem ir desde como iluminar bem o ambiente até qual a melhor disposição dos móveis. Para isso, é importante ter o que chamamos de projeto de decoração. Esse projeto nada mais é que um planejamento de como a sua casa deve ficar, alinhando o seu gosto pessoal à conhecimentos técnicos.

Para evitar erros o ideal é contratar um profissional especializado no assunto. Normalmente, para esse tipo de trabalho, o mais recomendado é acionar um design de interiores. Mas afinal, o que fará esse profissional? Como funciona um projeto de decoração? A resposta para essas e outras perguntas você encontra neste artigo. Confira!

Projeto de decoração: conheça os dois tipos

Ao acionar um especialista em design para realizar o seu projeto de decoração é preciso compreender que existem mais de um tipo de serviço. Assim, é possível definir aquele que melhor se adequa ao seu orçamento e suas necessidades.

Projeto de decoração presencial

Um projeto de decoração presencial é feito sob medida para um ambiente. Como o próprio nome sugere, nele o profissional vai até a sua casa para uma ou mais visitas. Durante esse processo algumas etapas são seguidas:

  1. Briefing e levantamento métrico: o designer vai à sua casa, mede, fotografa tudo e faz uma entrevista com você para conhecer seus hábitos, preferências e necessidades.
  2. Estudo preliminar: o designer prepara uma proposta preliminar com sugestão de layout (posição dos móveis), principais revestimentos, paleta de cores e a atmosfera.
  3. Projeto executivo: aprovada a proposta do estudo preliminar, o designer parte para o detalhamento definindo detalhes técnicos como mapa de iluminação, desenhos técnicos de marcenaria, especificação dos móveis e revestimentos, entre outros.

Vale ressaltar que em um projeto de decoração o trabalho do designer é feito muito próximo ao cliente. Isso porque é preciso que seus gostos, estilo e necessidades estejam bem claros para o profissional. Na fase de aprovação preliminar, por exemplo, é fundamental que não fique nenhuma dúvida quanto ao que será feito.

Ao final do projeto executivo o cliente recebe um caderno de projetos contendo toda a documentação gráfica: plantas baixas, cortes e vistas para a sua execução. Além disso, alguns projetos contam com um “memorial descritivo” que é a especificação dos móveis, acessórios e acabamentos definidos.

Projeto de decoração online

Uma maneira de simplificar e até reduzir os custos de um Projeto de Decoração é realizá-lo de forma virtual. Aqui, todas as etapas são feitas online, reduzindo os custos de deslocamento do profissional. O processo de construção do projeto é basicamente o mesmo, contudo algumas funções que no projeto presencial quem realiza é o designer serão feitas por você. O cliente é o responsável pelo levantamento métrico e fotográfico, por exemplo.

Isso significa que no projeto de decoração online é você quem irá medir, desenhar e fotografar o espaço. Isso tudo com o apoio e orientação do profissional contratado, é claro. Além disso, na maioria dos serviços desse tipo oferecidos os clientes devem responder um questionário online para definir o estilo de decoração. Essa é uma ótima opção para quem deseja seguir a mesma linha decorativa em toda a sua casa. Contudo, se a sua ideia é misturar estilos, o projeto de decoração presencial pode ser o ideal para você.

No projeto de decoração presencial o preço é calculado por metro quadrado e pode variar de acordo com a região do país. A Associação Brasileira de Designers de Interiores (ABD) oferece uma tabela de orientação para seus associados. Enquanto isso, para o projeto de decoração online o preço pode ser por metro quadrado ou um valor fechado por ambiente.

Como planejar a decoração de cada ambiente

Antes de procurar um profissional é importante ter em mente o que você deseja fazer em sua casa. Qual estilo mais te agrada? Você gosta de misturar tendências? Quais ambientes você pretende decorar? Essas são perguntas importantes a serem feitas antes e durante o processo.

Defina os espaços que serão decorados

Se a sua intenção é decorar a casa toda, a melhor opção é pensar em cada ambiente separadamente. Você pode ter um estilo que unirá cada um dos cômodos, mas é fundamental pensar em cada parte da casa de cada vez. Assim é possível deixar a imaginação fluir e tornar cada canto da sua casa um espaço especial e único.

Faça as medições

Depois de definir quais partes da sua casa serão decoradas é a hora de compreender quanto de espaço você tem disponível. Tire as medidas, não se limitando ao espaço total dos cômodos, mas medindo cada cantinho. Métricas como a distância entre uma porta ou janela e o canto da parede são muito importantes na hora de montar o projeto de decoração.

Inspire-se

Buscar inspiração é uma parte importante do processo. Agora que você já definiu os ambientes a serem decorados e já tirou as medidas é hora de consultar as referências. Essas referências te ajudarão na hora de definir o profissional responsável pelo projeto de decoração, além dos fornecedores para a mobília e peças de decoração. Faça sua pesquisa em sites como o Pinterest por exemplo e encontre referências do que você deseja recriar.

Defina seu orçamento

Definir o orçamento é algo muito importante para o seu projeto de decoração. Ele é quem guiará o profissional escolhido. Por isso, faça as contas e tenha na ponta do lápis todos os recursos financeiros disponíveis para ele. Ter essa informação vai te permitir, por exemplo, definir suas prioridades. Com um baixo orçamento é possível que você não consiga redecorar toda a sua casa, mas é possível deixar os principais cômodos a sua cara.

Preços no mercado

Como dissemos, o preço de um projeto de decoração varia de região para região e a ABD fornece uma tabela de preços para orientação. Contudo, os valores cobrados podem variar. Por isso, procure sempre fazer pelo menos três orçamentos diferentes para entender qual possui o melhor custo-benefício para você.

Mais uma vez a internet é uma grande aliada nesse processo. Nela é possível conhecer diferentes empresas de design, seus projetos passados e até mesmo solicitar um orçamento online. Busque também em sites de opinião como o “Reclame Aqui” para entender como é o relacionamento de cada uma das prestadoras de serviço com seus clientes.

Na hora de colocar o seu projeto de decoração em prática lembre-se de não prender sua busca por objetos apenas nas grandes lojas. Contar com brechós e antiquários pode reduzir seus custos até pela metade, além de dar um toque especial à sua decoração.

Cuidados na hora de planejar um projeto de decoração

Alguns cuidados devem ser tomados antes de planejar e aprovar um projeto de decoração. O primeiro deles diz respeito ao profissional contratado. Para essa etapa é possível ter uma ideia se você tomou a decisão correta durante a pesquisa e entrevista. Certifique-se de que o design entendeu quais são as suas expectativas e necessidades, abordando questões como suas preferências e o seu estilo de vida.

Essa entrevista preliminar é essencial para definir também o estilo da decoração. Em alguns casos o estilo que você procura não é a especialidade do profissional que pretende contratar, o que pode gerar frustrações no futuro. Um profissional que pensa em detalhes exclusivos para seus clientes terá maior chance de agradá-los.

Outro cuidado diz respeito à longevidade do projeto de decoração. Por exemplo, cores muito vibrantes e da moda podem acabar se tornando enjoativas com o tempo, o que pode ser ruim para quem não pretende estar sempre atualizando a decoração. Ou seja, se você não pretende redecorar sua casa novamente, o ideal é optar por cores neutras nas paredes e apostar nas cores nos objetos decorativos que podem ser substituídos com mais facilidade e maior frequência.

Outro cuidado a ser tomado é com a função de cada peça utilizada. Isso porque, os excessos podem atrapalhar não somente o seu orçamento, mas o ambiente em si. Prefira peças que enfeitem, mas que também sejam funcionais e lembre-se de que menos é mais.

Executando as ideias do projeto

Com as dicas acima você já é capaz de tomar boas decisões na hora de montar o seu projeto de decoração. Então, chegou a hora de executá-lo. Você pode continuar com os serviços do profissional que planejou todo o design ou pode optar por contratar outro profissional. O importante é sempre se ater ao orçamento e ter em mente um cronograma para que todo o projeto esteja pronto. Com um bom planejamento, o trabalho será otimizado e os riscos de falhas ou atrasos serão muito menores.

Um projeto de decoração para o seu novo apartamento, como você pode ver ao longo deste post, não é assim tão difícil de ser criado quanto parece. Claro que requer um pouco de trabalho, organização, dedicação e planejamento, mas pode até se tornar gostoso e divertido de ser feito. Basta ter paciência e seguir as dicas certas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.